Procurar na página


Contacto

Dúvidas e Orçamentos

(12)9 9181-8992 (whats)
(12)9 9722-5487

 

O que faz o arquiteto?

        Pela definição da U.I.A. - União Internacional dos arquitetos - "é aquele que, sendo mestre na arte de construir, ordena o espaço, cria e anima os lugares destinados ao homem, a fim de assegurar-lhe melhores condições de vida. Ele possui a arte da composição, ...Saiba mais

 

Quais as vantagens em consultar um arquiteto?

        A construção não começa sem ele. Presença fundamental do início ao fim da obra, o arquiteto acumula uma série de tarefas. Entre as principais estão: aproveitar as dimensões e topografia do terreno, criar soluções econômicas, adequar o projeto... Saiba mais

 

Como é a legalização na Prefeitura para a obtenção do 'Habite-se"?

        Após a conclusão da obra, o proprietário poderá solicitar à prefeitura o "Habite-se". Este documento atesta que a edificação está legalmente construída, que está de acordo com o projeto aprovado e que possui todos os requisitos para ser habitada... Saiba mais

 

Como é a legalização no Corpo de Bombeiros (AVCB) ?                                                                      

        Obrigatório para todos os estabelecimentos comerciais, industriais e condomínios verticais e horizontais. O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), ou "Alvará dos Bombeiros", é o documento emitido pelo Corpo de Bombeiros, ... Saiba mais

 

Qual é o preço médio dos trabalhos?

        Costumamos usar como referência, os valores mínimos indicados pela Tabela de Honorários Profissionais da Associação dos Engenheiros e Arquitetos. Com isso, asseguramos um preço mais acessível e mais competitivo no mercado.

 

Qual a diferença entre o arquiteto e o engenheiro civil?

        De acordo com a Lei 5.194 de 25 de dezembro de 1966 e pela Resolução 218 de 29 de junho de de 1973 do CONFEA - Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, tanto o engenheiro civil quanto o arquiteto possuem as mesmas habilitações profissionais. Porém, a Resolução 51 do CAU, que segue diretrizes da Lei 12.378/2010, define as atividades que só podem ser realizadas por arquitetos e urbanistas. São elas: projeto arquitetônico de edificação ou reforma, projeto de arquitetura paisagística, de interiores, de acessibilidade e iluminação, projeto urbanístico e de loteamento.

 

Quais são os serviços que não estão incluídos no nosso orçamento?

        Nós indicamos engenheiros eletricistas para fazer o projeto de elétrica. Também indicamos empreiteiros de nossa confiança tais como pedreiros, carpinteiros, marceneiros, etc. Recomendamos  ao cliente fazer um contrato a parte com o empreiteiro, engenheiro eletricista e aos demais prestadores de serviço. Todos os  serviços do arquiteto estarão discriminados no escopo do nosso contrato.

 

Quais são as formas de pagamento?

        Aceitamos a melhor forma de pagamento que o cliente precisar. Aceitamos pagamentos à vista ou a prazo.

 

Quais são as informações necessárias para poder passar um orçamento?

        Para orçamento de projeto de construção ou legalização, solicitamos a metragem quadrada da construção ou do terreno. Para orçamento de reforma será necessário realizar uma visita ao local da obra. Para todas as situações é recomendável a visita ao local para a realização de um orçamento detalhado. 

 

 

Qual é o perfil dos nossos clientes

        Atuamos com os mais variados perfis de clientes. Desde empresas de pequeno, médio ou grande porte, até pessoas físicas.
Abaixo, algumas empresas em que já prestamos serviços:... Saiba mais
 
 
   

Quais são as garantias oferecidas aos nossos clientes para os trabalhos realizados?

        Firmamos todos os nossos compromissos através de contratos bem detalhados.

 

O que o arquiteto pergunta ao cliente?

Para direcionar o trabalho, o arquiteto deve abordar nas reuniões questões como:

- a casa será térrea ou sobrado?

- e quanto a vagas na garagem? ... Saiba mais

 

O que o arquiteto apresenta ao cliente?

        Na maioria dos casos, o projeto de arquitetura divide-se em etapas: Estudo Preliminar, Anteprojeto, Projeto de Prefeitura, Projeto Executivo e Projetos Complementares... Saiba mais

 

Fontes: Revista "Construção do começo ao fim" - edição 2005, CAU, CREA e Bárbara Jalles Guimarães.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários